A luta por um trânsito mais seguro

A luta por um trânsito mais seguro

No dia 11 de maio de 2011, a ONU (Organização das Nações Unidas) lançou a Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020, em que governos de todas as partes do mundo se comprometeram a adotar medidas para a redução de acidentes no trânsito, que está entre as dez principais causas de mortes no planeta.

Dada a missão, em 2014 foi criado o Movimento “Maio Amarelo”, com o intuito de engrossar ainda mais o coro por um trânsito mais consciente e reduzir o número de mortos e feridos em acidentes que envolvam veículos automotores.

Dentre as principais causas destes acidentes, podemos listar comportamentos que, infelizmente, ainda são comuns em nossa sociedade: excesso de velocidade, não uso do cinto de segurança (no banco de trás também!), uso de aparelhos celulares por parte do motorista, consumo de bebidas alcoólicas (nem um chope nem uma tacinha, ok?), mudança repentina de faixa, distância inadequada de um veículo para o outro e até falta de manutenção e revisão no veículo.

Campanha 2019

O Observatório Nacional de Segurança Viária, uma das instituições que encabeça o “Maio Amarelo”, trouxe para este ano a campanha com o mote “No trânsito, o sentido é a vida”, em que crianças aconselham dão conselhos sobre um trânsito mais consciente a seus respectivos pais. Confira o vídeo abaixo:

O site www.maioamarelo.com também reúne diversas campanhas publicitárias que podem ser utilizadas gratuitamente por qualquer empresa e entidade.

Vamos lutar, todos, por um trânsito mais seguro!

Comentários