Dia Mundial Sem Tabaco

Dia Mundial Sem Tabaco

A próxima sexta-feira, 31 de maio, é o Dia Mundial Sem Tabaco, criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alertar a sociedade em relação aos diversos malefícios deste hábito, considerado pela instituição a principal causa de morte entre as evitáveis.

Os números impressionam: em todo o mundo, estima-se que mais de 10 mil pessoas morram diariamente por conta do cigarro, que contém mais de 4700 substâncias tóxicas, das quais pelo menos 70 são cancerígenas. Vale lembrar que não só os fumantes correm estes riscos. Qualquer pessoa exposta à fumaça do cigarro tem mais chance de desenvolver doenças respiratórias, vasculares e até câncer de pulmão.

Como parar?

Por se tratar de uma dependência química, é comum que fumantes encontrem dificuldades para largar o hábito e há até estudos que indicam que ex-fumantes normalmente precisaram de três ou quatro tentativas até largarem definitivamente o vício.

O primeiro passo, obviamente, é querer parar e, a partir daí, planejar-se. Se você, fumante, escolher parar de forma gradual, não deixe de estabelecer um limite de cigarros por dia e não ultrapassá-lo. Também é importante saber que, se você parar, nos primeiros dias poderá sentir dores de cabeça, ansiedade, dificuldades de concentração, além de uma imensa vontade de fumar. Quando isso acontecer, tente ser mais forte e opte por beber água gelada ou chupar um cubo de gelo, mastigar cravo, canela em pau, gengibre ou chiclete sem açúcar. O hábito de praticar atividades físicas também é muito benéfico e pode ser um grande aliado na luta contra o tabaco.

O Sistema Único de Saúde (SUS) também oferece tratamento gratuito para dependentes de nicotina. Para mais informações, ligue para o número 136.

Comentários