Como organizar o seu guarda-roupa

Como organizar o seu guarda-roupa

Você é daqueles que vez ou outra se atrasa para um compromisso por não encontrar algo de que precisa antes de sair de casa? Podem ser as chaves do carro, um documento importante ou até aquela blusa que combina com a roupa que acabou de vestir. Se a resposta foi positiva, saiba que você não está sozinho. Atualmente, o dia a dia corrido, principalmente nas grandes cidades, abriu portas para especialistas na área de organização, que avaliam a rotina de cada pessoa com a missão de trazer mais funcionalidade para cada cômodo da casa. No post de hoje traremos algumas dicas para a organização de um cantinho que, muitas vezes, é deixado de lado, o guarda-roupa. Confira:

– Uma ótima forma de começar é esvaziar o móvel e realizar uma limpeza interna. Você provavelmente perceberá que já não usa muito do que tem ali. Estes poderão ser doados ou até vendidos para algum brechó. Depois disso, ficará muito mais fácil fazer a relação do espaço que você tem disponível com o que você precisa guardar novamente;

– Reserve a área mais importante e acessível para deixar as roupas que você usa no dia a dia e as organize por cores. Isso fará com que você ache determinadas peças com mais facilidade e te possibilitará fazer novas combinações;

– Roupas para outras ocasiões, como festas, também merecem um local especial para elas, portanto evite misturá-las com as que você usa diariamente;

– Mais complicado que organizar é, sem dúvidas, manter tudo arrumado com o passar do tempo. Uma boa dica para te ajudar neste ponto é etiquetar suas gavetas e, a partir daí, sempre devolver cada peça em seu local correto;

– Caixas transparentes são ideais para guardar objetos menores. Elas te permitirão ver o que há dentro da caixa sem que você precise abri-las e evitarão que tudo fique jogado sem que haja um padrão organizacional;

– Nós sabemos que nem sempre é possível ter uma sapateira independente do guarda-roupa, mas os calçados merecem uma atenção especial. Deixe-os tomar um pouco de ar antes de devolvê-los no armário e realize, sempre que possível, a higienização;

É muito importante ressaltar que ambientes fechados e com menos entrada de luz precisam de cuidados para que não sejam afetados pelo mofo. Por isso, lembre sempre de abrir as suas portas para facilitar a circulação do ar.

Esperamos que tenha gostado das dicas, agora é colocar em prática!

Comentários